A adaptação da criança à escola

unnamed (37)

Por Luiza Pinheiro: sócia da Clínica Base, graduada em Pedagogia pela UFMG, Especialista em Psicanálise com Crianças e Adolescentes pela PUC-MG, Especialista em Psicopedagogia Clínica e Institucional pela UEMG, e Mestranda em Psicologia pela UFMG. Referência da Clínica Base em projetos relacionados à infância.(www.clinicabase.com).

O fim do semestre se aproxima e para muitas crianças esse foi o primeiro semestre letivo de suas vidas. O processo de adaptação ao ambiente escolar é um momento que envolve toda a família e muitas vezes vem acompanhado de angústia.

O choro das crianças no momento da entrada na escola é devido à separação dela de seus pais e também ao fato de que os bebês e as crianças pequenas ainda não dispõem de recursos cognitivos e emocionais para compreender o que está acontecendo e para assimilar as mudanças.

Para uma adaptação mais tranquila é importante que a criança sinta que seus pais estão seguros em deixá-la naquele ambiente sob os cuidados daquelas pessoas. A postura dos pais é muito importante e influencia muito as reações das crianças pequenas em todas as situações. Com a entrada na escola não poderia ser diferente.

Nos casos em que a criança chora muito e fica resistente a permanecer na escola é importante procurar estratégias que possam atenuar seu sofrimento, mas os pais devem manter uma postura firme e não interromper o processo. É comum que frente à resistência da criança em ir para a escola os pais pensem que ela ainda não está pronta, que aquela foi uma decisão precipitada e desistam de colocar a criança na escola.

Claro que os pequenos vão sempre preferir estar com os pais e esse contato próximo é essencial para seu desenvolvimento, mas a socialização entre bebês e crianças pequenas já tem benefícios comprovados. Portanto, uma vez iniciado o processo de adaptação na escola e a tentativa de fazer a criança permanecer neste outro ambiente longe de seus pais, recuar e desistir não trará nenhum resultado positivo. Mesmo se a criança se angustiar é importante que os pais a auxiliem encojando-a e não voltando atrás em sua decisão de deixa-la na escola.

Conhecer bem a escola e os profissionais que alí trabalham é o primeiro passo para ter a segurança de que o seu pequeno ficará em boas mãos. Se os pais estiverem seguros dessa decisão e conhecerem bem a instituição, a criança, a seu tempo, se adaptará à nova rotina.

Um comentário em “A adaptação da criança à escola

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s