Bullying: Porque devo levar isso a sério¿

gabi“O termo BULLYING compreende todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adotadas por um ou mais estudantes contra outro(s), causando constrangimento, dor e angústia, e executadas dentro de uma relação desigual de poder”

Por Gabriella Torres

(Pedagoga, coordenadora pedagógica e diretora do Espaço Coeene – Centro de Orientação Educacional e Estudos Norte Educação)

É comum crianças brincarem umas com as outras, e alguma delas não gostarem de um determinado tipo de brincadeira, mas quando a insatisfação da criança com algum colega em relação a apelidos, brincadeiras de mau gosto ficam persistentes é preciso investigar, pois pode estar acontecendo uma situação de Bullying.

O termo BULLYING compreende todas as formas de atitudes agressivas, intencionais e repetidas, que ocorrem sem motivação evidente, adotadas por um ou mais estudantes contra outro(s), causando constrangimento, dor e angústia, e executadas dentro de uma relação desigual de poder.

Portanto, os atos repetidos entre iguais (estudantes) e o desequilíbrio de poder são as características essenciais, que tornam possível a intimidação da vítima. A criança que comete o Bullying, o chamado “Bully”, pode levar para a vida adulta o mesmo comportamento anti-social, adotando atitudes agressivas no seio familiar (violência doméstica) ou no ambiente de trabalho. Estudos realizados em diversos países já sinalizam para a possibilidade de que autores de Bullying na época da escola venham a se envolver, mais tarde, em atos de delinqüência ou criminosos.

Já a criança vítima de Bullying dependendo de suas características individuais e de suas relações com os meios em que vivem, em especial as famílias, poderão não superar, parcial ou totalmente, os traumas sofridos na escola. Poderão crescer com sentimentos negativos, especialmente com baixa autoestima, tornando-se adultos com sérios problemas de relacionamento. Poderão assumir, também, um comportamento agressivo. Mais tarde poderão vir a sofrer ou a praticar o BULLYING no trabalho (Workplace BULLYING). Em casos extremos, alguns deles poderão tentar ou a cometer suicídio.

A prática do Bullying caracteriza-se por: Colocar apelidos ,Ofender, Zoar ,Gozar ,Encarnar ,Sacanear ,Humilhar , Fazer sofrer, Discriminar,Excluir,Isolar ,Ignorar ,Intimidar ,Perseguir ,Assediar ,Aterrorizar ,Amedrontar ,Tiranizar ,Dominar ,Agredir ,Bater, Chutar, Empurrar, Ferir, Roubar ,Quebrar pertences. A partir desses comportamentos sofridos ou cometidos pela criança, é preciso procurar o apoio da escola, observar se essas situações acontecem com frequência, para que se possa fazer uma intervenção, sendo esta intervenção um trabalho em conjunto com as famílias das crianças envolvidas e a escola, entorno dos princípios básicos da cidadania e da ética, principalmente do respeito ao próximo.

Coeene

Sobre o Coeene (Centro de Orientação Educacional e Estudos Norte Educação)

Localizado na Avenida Beberibe, nº 3530, Espaço Cultural – Condomínio João Paulo II – Cajueiro – Recife/PE

Fone: (081) 9558-3600, (081) 8431-9274 e (081) 8526-0760

Endereço Fan Page: 

https://www.facebook.com/pages/Coeene/1445623372325816?fref=ts

Anúncios

Um comentário em “Bullying: Porque devo levar isso a sério¿

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s