Quarto de menina. Como escolher?

11248287_982813348449635_1522711219_a

“Quem disse que quarto é só para dormir? Além de uma bela cama ainda desenvolvemos no quarto uma fofa área de vestir e área de brincar/estudar – essa bancada de estudo também tem um tampo em vidro para servir como penteadeira no futuro. Os móveis ajudam a delimitar bem cada área e sua respectiva função”

Por Marylia Nogueira é arquiteta formada em UFPE e já acumula mais de 200 projeto de arquitetura e interiores em seu portfólio. Seu instagram é @arquitetamarylianogueira e o facebook é “Arquiteta Marylia Nogueira”.

foto1No nosso último encontro falamos de um quarto lindo para bebês meninas. Agora vamos seguir na linha feminina, porém apresentando um projeto para uma garotinha de quatro anos: como desenvolver um projeto para este público?
Este quarto foi pensado para uma menina em fase de transição entre os interesses: a cabeça cheia de ideias e descobertas tem dessas coisas! Então criei uma atmosfera alegre e criativa mas, ao mesmo tempo, delicada, por se tratar de área de descanso. 
foto3Essa é nossa primeira dica: as cores no quarto são sempre bem vindas, mas não precisa usar uma cor em todo o quarto – use elementos coloridos como objetos e acessórios e deixe as paredes com cores e tons que ajudam a relaxar, afinal nosso quarto é local de descanso! O rosa pink e suas nuances roubam a cena: observem que eles estão em diferentes pontos do quarto – do móvel ao papel de parede, mas sempre em detalhes.
foto 4Segunda dica: luz! Além da janela, que traz uma iluminação natural perfeita, a iluminação direta e a sanca geram cenários específicos para os diversos usos, dando o conforto necessário e demarcando bem o uso de cada espaço projetado – para área de brincadeira e estudo luz natural, para área de dormir uma luminária lateral, e assim por diante. Usem LED sempre! O custo pode parecer elevado mas a médio prazo ele se paga!
Foto2Terceira dica: quem disse que quarto é só para dormir? Além de uma bela cama ainda desenvolvemos no quarto uma fofa área de vestir e área de brincar/estudar – essa bancada de estudo também tem um tampo em vidro para servir como penteadeira no futuro. Os móveis ajudam a delimitar bem cada área e sua respectiva função.
foto5Quarta dica: nichos! Os nichos separam a área de brincadeira/estudo da cama e neles podem ser colocados ou aqueles objetos decorativos ou os brinquedos da criança – esta opção garante uma decoração sempre renovada!
Foto06
Quinta dica: planejados! Somos fãs de móveis planejados porque eles aproveitam cada espaço do ambiente. Aqui além de várias prateleiras ainda deixamos um espaço no chão onde uma caixa com binquedos se encaixa, deixando o quarto super organizado.
BÔNUS – o quarto de Duda!
Foto 07Lembram-se que falamos, no texto anterior, sobre os pilares e como eles são comuns em casas e apartamentos? No projeto do quarto de Duda fizemos do pilar um elemento da decoração: com o detalhe em gesso ele se transforma num recuo onde temos vários nichos que recebem onjetos e o róprio nome da moradora. Um charme!.
Outra dica de cores: como o público kids está sempre mudando de opinião, invista em mobiliário neutro e capriche nos detalhes em cores que eles amam, como no caso desse projeto. Os acessórios podem ser mudados a qualquer momento e o mobiliário segue funcional e em harmonia com qualquer proposta.

Até nosso próximo encontro!

de7357a3-a58f-429d-89a1-0a993878eff7

Endereço: Av. Agamenom Magalhães, 2936, Edf. Sobrado Empresarial (Salas 1301/02), Espinheiro, Recife-PE.

Informações: (81) 3091-2858

Redes Sociais:@arquitetamarylianogueira e o facebook é “Arquiteta Marylia Nogueira”.