Para embalar os melhores sonhos

Por Gabriela Pontual – Arquiteta

chegada de um bebê é um momento que movimenta toda a família. Os cuidados começam com a alimentação da mamãe, realização de exames, até a escolha das roupinhas e como será o quarto. Nesse sentido, dois aspectos são fundamentais: segurança e funcionalidade.

“O projeto deve permitir a locomoção dentro do quarto, com fácil acesso a todos os itens do cômodo com o bebê no colo, grande realidade nos primeiros meses de vida da criança. Além disso, ao longo do processo devem ser exploradas todas as funções que o quarto deve ter, como local apropriado para acomodar os brinquedos que o bebê irá ganhar”, diz a arquiteta Gabriela Pontual. Com relação à segurança, é ideal que o berço e o trocador não fiquem em áreas próximas às janelas e que as instalações elétricas não estejam em alturas acessíveis ao bebê. Ela destaca, ainda, a importância de escolher fornecedores confiáveis e mão-de-obra capacitada para a execução e finalização de toda a obra.

Sobre tendências, a arquiteta relata que os quartos com uma pegada moderna estão sendo bastante pedidos pelos pais e, junto com eles, os acabamentos amadeirados, que aquecem e transmitem aconchego. A gerente da Bontempo Recife, Dani Cunha, reforça que a madeira ganha lugar de destaque na decoração. “Os tons amadeirados são versáteis, permitindo mix com outros materiais, sem pesar na ambientação. Além disso, a madeira é um material sofisticado e atemporal”, diz. As cores azul e rosa em tons pastéis, além dos tons de bege e cinza, completam as escolhas preferidas dos pais.

Nas famílias onde já há filho e não há um quarto exclusivo para o bebê, Gabriela Pontual destaca que é possível as crianças dividirem o mesmo espaço. “Essa é uma situação que ocorre cada vez com mais frequência. Indicamos uma ambientação que se adeque às duas fases”, explica a arquiteta. Em relação ao mobiliário, dependendo das dimensões do quarto, haverá a necessidade de usar móveis mais compactos e versáteis, que permitam a acomodação das diversas funções de cada faixa etária. “Essa ambientação pode ser conseguida com acabamentos modernos e coloridos, como os da linha MoltiColori. Organizadores em formatos e tamanhos diferentes também são boas opções para acomodar os objetos das crianças e compor a decoração”, indica Dani Cunha.

Crédito das fotos: Walter Dias.
Serviço:
Gabriela Pontual – @gabipontualarquitetura
Bontempo Recife – Av. Domingos Ferreira, 1248 – Boa Viagem / Telefone: (81) 3327-8002