O que é Vírus Moluscos Contagioso?

Marcelo1Quando Marcelo apareceu com os “carocinhos” na pálpebra dos olhos, imaginamos logo que era alguma alergia. Por ser uma criança absurdamente alérgica, onde 90% das suas doenças é proveniente de alergias, até a própria pediatra achou que fosse. Passamos 2 meses fazendo tratamento alérgico. Nesse período cortamos tudo que pudesse desencadear a alergia, Crustáceos (Ele ama), piscina (Adora), inclusive até parquinhos devido a poeira. Ele simplesmente não melhorava.

Meu marido irritado com a evolução desses “carocinhos”, resolveu levá-lo numa urgência para uma segunda opinião. Ele não tinha mais nenhum outro sintoma, apenas os “carocinhos” que coçavam (e muito) passavam a se espalhar. Ao chegar na urgência, a pediatra “de cara” diagnosticou:  Molusco contagioso. “Sim, pai. Ele está com Molusco Contagioso”. Meu marido disse que pensou na hora: “Que danado é Molusco Contagioso?” E a pediatra de plantão explicou: Molusco Contagioso é uma infecção viral contagiosa relativamente comum caracterizada pelo surgimento de nódulos na pele e muitas vezes confundidos com verrugas ou até mesmo alergias. Mandou procurarmos um dermatologista o mais rápido possível, pois o Molusco se prolifera, há como se prolifera…

Sendo mais específica, o Molusco contagioso é uma doença viral da pele causada por um poxvírus. É mais comum em crianças do que em adultos, mas também pode acometer adultos nas áreas de pele mais fina. A doença é transmitida pelo contato direto com portadores da doença. É muito comum o seu aparecimento em crianças que tenham algum tipo de alergia. O molusco contagioso também pode ser transmitido por via sexual, e nesses casos as lesões costumam aparecer na região genital ou anal.

As lesões do molusco contagioso são pequenas, elevadas, hemisféricas, da cor da pele, com aspecto translúcido e apresentando umbilicação central. Podem estar isoladas (mais comum) ou se agrupar.O tamanho das lesões pode variar de puntiformes a cerca de 5 milímetros de diâmetro e o número pode variar de poucas a centenas de lesões, já que as lesões são autoinoculáveis, podendo se espalhar.

Em algumas crianças o molusco contagioso se dissemina rapidamente chegando a centenas de lesões. Atingem principalmente o tronco e a raiz dos membros. As lesões são geralmente assintomáticas, mas pode haver coceira. A doença pode apresentar involução espontânea, o que pode levar de alguns meses a anos, desde que o organismo possa desenvolver defesas contra o vírus.

Muitos dermatologistas alertam sobre o tratamento do molusco devido ao crescimento ser rápido e também por se espalhar rapidamente. Entretanto o molusco pode regredir sem deixar cicatrizes. Isso leva de 6 meses a 5 anos para que todos os moluscos desapareçam. Eles podem ser mais persistentes em pessoas com sistema imunológico comprometido.

A melhor forma de ajudar a evitar a contaminação por molusco contagioso e seguir bons hábitos de higiene. Não toque nenhuma parte da pele (sua ou de outras) com bolhas ou caroços. Boa higiene das mãos é a melhor maneira de evitar muitas infecções, inclusive a por molusco contagioso.

Moluscos são tratados de maneiras similares às verrugas. Podem ser congelados com nitrogênio líquido, destruídos com vários ácidos ou soluções ou tratados com eletrocirurgia ou curetados. Podem também ser tratados em casa com aplicações diárias de ácido retinóico em creme ou gel, ou modificadores da resposta imune ou outras medicações tópicas antivirais. Terapia a laser também tem se mostrado ser efetivo no tratamento do molusco. Algum desconforto é associado ao congelamento, curetagem ou agulha elétrica, assim como na terapia do laser. Se existirem muitas lesões, muitos tratamentos podem ser necessários, a cada 3s a 6 semanas, até que todas as lesões desapareçam. Uma opção em crianças pequenas é não tratar moluscos até que as lesões desapareçam.

O tratamento para molusco contagioso deve ser orientado por um dermatologista, no caso do adulto, ou por um pediatra, no caso da criança, uma vez que em muitos casos não é necessário qualquer tipo de tratamento.

Porém, nos casos em que é recomendado tratamento, o médico pode optar por:

  • Pomadas para molusco contagioso: contêm ácidos, como ácido salicílico ou hidróxido de potássio, que ajudam a dissolver as lesões;
  • Cremes para molusco contagioso: possuem antivirais, como Imiquimode, que eliminam o vírus, diminuindo as manchas na pele;
  • Crioterapia para molusco contagioso: aplicação de frio sobre as bolhas, congelando-as e removendo-as;
  • Curetagem para molusco contagioso: o médico retira as bolhas com um utensílio semelhante a um bisturi;
  • Laser para molusco contagioso: destrói as células das bolhas, ajudando a reduzir o seu tamanho.

Normalmente as manchas do molusco contagioso demoram entre 12 a 18 meses para desaparecer. No Caso de Marcelo, como estavam nos olhos, ele teve que fazer procedimento cirúrgico com Curetagem. Precisou tomar o “cheirinho”. Pai e mãe, não se enganem, o “cheirinho” é SIM uma anestesia geral. Ele teve todo o tipo de reação: Agonia, dores na cabeça, enjoo. Ficamos realmente preocupados. Mas no final, deu tudo certo. Foram retirados 40 moluscos. Sim, 40 “carocinhos”. Acreditam?? E Marcelo está ótimo. Resolvi fazer esse Post, porque assim como eu, muito pais não sabem que isso sequer existem. E muitos profissionais se confundem com o diagnostico. Espero que esse post possa ajudar muitos pais e mães no diagnostico dessa doença.

FONTE: 

http://www.dermatologia.net/novo/base/noticias/molusco_imiquimode.shtml

http://www.pediatriaemfoco.com.br/posts.php?cod=58&cat=9

http://www.copacabanarunners.net/molusco-contagioso.html

http://www.tuasaude.com/molusco-contagioso/

3 comentários em “O que é Vírus Moluscos Contagioso?

  1. Comprei uma pomada com acido solicitação.
    Minha filha tem 9 anos, receio passar nela e depois a área do molusco ficar afetada, branca e apela perder a cor de sua pele…

    Curtir

    1. Ola, tente usar o extrato de própolis, foi excelente para minha filha, o médico disse que tinha que queimar cada molusco, mas isso seria muito dolorido, também me aconselhou a colocar aqueles ácidos para calos e verrugas, eu fiz, mas piorou elas ficaram bem inflamadas, foi aí que Deus me iluminou a tentar o própolis, e deu certo, coloquei duas vezes ao dia, limpando antes com álcool 70% . Faça isso com certeza será ótimo, já tenho ensinado para muitas mães, sempre com ótimos resultados, tem que passar muitos dias, até mais.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s