20 Coisas que você não deve fazer, falar ou perguntar para a nova mamãe ou Recém-Mamãe

foto-recem-nascido-marina-ushiro-4Ao descobrir a Gestação para a maioria das mulheres, já é um período difícil, além das mudanças bruscas sofridas em seu corpo, ela sabe que a sua vida nunca mais será a mesma depois do nascimento do seu bebê. Agora, imagina isso com uma nova mamãe ou como eu costumo dizer: Recém-Mamãe? Nesse caso, não há ditado melhor do que: “Se não Pode ajudar, então não atrapalhe” ou até mesmo: “Muita ajuda quem não atrapalha”.

A chegada de um recém-nascido em nossas vidas é uma mudança significativa. A nossa rotina é completamente alterada. E a maioria das mulheres sentem muito com essa nova mudança. Quando acabamos de ter nossos filhos (principalmente o primeiro), ficamos super-inseguras. É um mundo totalmente novo e queremos vivenciar todos os momentos intensamente e curtir os pequenos minuto a minuto. Quando uma mulher está recém-parida, ao mesmo tempo que ela está muuuito feliz com a chegada do seu bem mais precioso, ela também está insegura por causa dessa situação desconhecida, está cansada por causa das noites mal dormidas para dar as mamadas… Fora isso, um turbilhão de hormônios estão completamente ativos dentro do seu corpo! Se grávida é um bicho doido, vocês não imaginam uma mãe recente!!

E também é nesse cenário que nasce um séquito de gente querendo curtir, ajudar, dar uma força, um empurrãozinho (às vezes precipício abaixo) e aí, todo esse excesso de boas intenções e zelo acaba virando, na bem da verdade, o desespero da maioria das mães. Acredite: É DESESPERADOR. Você tem vontade de sumir com o bebê. Sabia que cada pessoa tem o direito de fazer do SEU JEITO?

Pensando nisso, resolvi fazer uma listinha dando uns “Toques” das 20 coisas que poderíamos evitar falar, perguntar ou agir com a nova mamãe. Apenas para deixar um pouco mais “tranquila” essa nova rotina que chega em nossas casas, com a chegada de um recém-nascido.

20 coisas que devemos evitar com a Recém-Mamãe:

  1. Em hipótese alguma falar sobre o corpo da nova Mamãe, como:Fazer aquela piadinha sem graça sobre se ainda há um bebê na barriga dela, ou fazer comentários sobre o seu peso ou aparência (“Meu Deus, como você engordou”, “Que cara de acabada”, “Ele não dorme nada, né?”)
  2. Criticar a escolha do parto. (Cada um sabe o que é melhor para si. O que importa é que esteja tudo bem com a nova mamãe e o bebê)
  3. Criticar a mãe que quer amamentar o máximo de tempo possível ou criticar aquela mãe que resolveu dar um complemento.
  4. Evitar visitar na Maternidade e nos primeiros dias da chegada do bebê (Ao menos se for muito íntimo ou convidado). Acredite, esses primeiros dias são os piores. Os pais precisam de um tempo para se acostumar com essa “nova rotina”. Aliás, se você não for muito íntimo, nem pense em aparecer nos próximos 30 dias.
  5. Pior ainda: VISITAR SEM AVISAR (DE JEITO NENHUM).
  6. Fazer visitas demorada (Seja breve).
  7. Comentar como a casa está uma bagunça (Mal temos tempo para nós mesmos, imagina para a casa).
  8. Ligar a toda hora para saber como estão as coisas.
  9. Passando o bebê de colo em colo.
  10. Fazer qualquer coisa escondida da mãe: dar mamadeira, chupeta, chá… etc.
  11. Falar a frase: NO MEU TEMPO… (Pense como eu odeio essa frase. No seu tempo, é o seu tempo. Você é você, eu sou eu…. AFF)
  12. Fazer qualquer coisa escondida da mãe: dar mamadeira, chupeta, chá (passível de morte, por justa causa)
  13. Se oferecer insistentemente para dar banho, fazer o bebê dormir, fazer o bebê arrotar ou fazer qualquer outra coisa com o bebê (lembre-se, ofereça ajuda uma vez, se a mãe rosnar, não responder ou falar não, não insista)
  14. Tirar o bebê da mãe quando ele começar a chorar (tem horas que até é bom, mas é difícil acertar quando, né? Então, na dúvida, não arrisque)
  15. NUNCA, JAMAIS toque no bebê sem autorização dos pais. Alguns pais não querem que ninguém encoste em seus filhos, respeite isso. Caso eles permitam que você pegue a criança, respeite todas as suas exigências e siga essas três regras essenciais:
    • Evite tocar no rostinho, nas bochechas e na boca do bebê. Além de transmitir bactérias para o bebê, o toque no rosto e na boca estimula os reflexos da amamentação. Esses reflexos não devem ser estimulados em vão (sem a presença do peito), para não atrapalhar a amamentação.
    • Não pegue nas mãos do bebê. Ele está sempre levando as mãos à boca. Por mais fofo que seja ver a mãozinha dele apertando seu dedo, deixe isso para os pais: as bactérias deles tem menos chances de causar doenças no bebê do que as suas.
    • Não beije o recém-nascido alheio. Quantidades absurdas de vírus e bactérias são transmitidas pela respiração. (Você nunca vai se preocupar tanto com bactérias e vírus do que quando você tiver um filho recém-nascido. Não apavore os pais, por favor!)
  16. Evite dizer: “Ele só dorme no colo?? Tem que deixar chorar, vai acostumar mal esse menino!” (Sério mesmo; O que você tem a ver com isso? É você que carrega ele no colo à noite? Pois é… Antes mal-acostumado do que sentir-se abandonado.
  17. Evite dizer: “Ele ainda não dorme a noite toda???? Que estranho!”Respira fundo, conta até 100 e lembre-se de que o bebê tem apenas UM mês, ele ainda precisa mamar de madrugada, tem cólicas, está se adaptando ao mundo fora do útero da mãe… Estranho mesmo é nessa idade dormir a noite toda!!!!!
  18. Evitar perfumes fortes quando for visitar uma recém mamãe e seu bebê. Todos sabem que a gestante no primeiro trimestre da gravidez tem o nariz super-sensível, mas algumas pessoas parecem se esquecer de que esse fenômeno continua ao longo de toda a gestação, e até os primeiros meses após o parto. Parecem também não se lembrar de que o bebê tem um narizinho super afiado! Afinal, estamos falando de mamíferos, e um dos principais meios de reconhecimento entre fêmeas e filhotes nos primeiros momentos de vida é o cheiro.
    • Antes de visitar o bebê, tome um banho, e não passe nenhum tipo de perfume.
    • Evite usar maquiagens ou cremes que tenham um cheiro forte ou soltem qualquer tipo de material (glitter, pó, brilho, etc.)
    • NUNCA, JAMAIS chegue na maternidade ou na casa do casal cheirando a cigarro ou álcool.
  19. Evitar comparações, seja com a mãe ou com o bebê. Me digam, quem gosta de comparações?
  20. As crianças devem seguir as mesmas regras de higiene que os adultos na hora de visitar um recém-nascido: banho tomado, roupas limpas e unhas curtas são imprescindíveis.E o mais importante de tudo: DEIXE AS CRIANÇAS EM CASA. É muito importante que apenas os irmãos mais velhos estejam presentes nos primeiros dias do bebê. Crianças tendem a fazer mais barulho que adultos, e, por viverem em contato estreito com outras crianças, nas escolas, podem carregar muitas bactérias e vírus. É claro que isso não significa proibir completamente a visita de crianças. Isso é impossível e seria quase uma crueldade com aqueles que esperaram tanto pela chegada do bebê. Mas é importante ter bom-senso: NUNCA, JAMAIS leve uma criança doente para visitar um bebê: nariz escorrendo, tosse, catarro, etc, não são aceitáveis, nem em crianças nem em adultos. Jamais arrisque a saúde do recém-nascido pelo prazer de vê-lo e pegá-lo no colo.As crianças devem ser preparadas antes da visita: deve-se explicar as regras de conduta, explicar porquê não se pode pegar na mãozinha nem beijar o rostinho do bebê. Deve-se pedir que não gritem nem falem todas ao mesmo tempo, para não assustar o bebê nem cansar os novos pais. A grande maioria das crianças é capaz de se comportar muito bem durante a visita ao recém-nascido, quando bem preparada.
Anúncios

2 comentários em “20 Coisas que você não deve fazer, falar ou perguntar para a nova mamãe ou Recém-Mamãe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s