A criança aprende brincando

00aad1e7-8e88-4771-b09f-8934a6972b3c

No final de semana passado, chegou na #RedaçãoFeitoParaMãe, um maravilhoso #PressKit, cheio de brinquedos educativos da Arte Brincs para o meu pequeno.

Arte Brincs é uma empresa voltada para a Educação Sensorial e Criativa. Com a missão de construir um elo entre a Educação e a Brincadeira de forma saudável e tradicional.

Nós amamos, pois apesar de vivermos em um mundo cheio de estímulos tecnológicos, as crianças podem até deixar a brincadeira em um segundo plano. Os pais devem ficar atentos e estimular ao máximo os pequenos porque o momento da diversão é excelente para o desenvolvimento das crianças. Através do brincar elas aprendem, experimentam o mundo, testam possibilidades, criam relacionamentos, elaboram sua autonomia de ação e ainda organizam melhor as emoções. Há quatro áreas do desenvolvimento que são estimuladas pelo faz de conta e os brinquedos: Intelectual, físico, social e emocional. Brincar é o principal meio encontrado pelos pequenos para adentrar o universo das relações humanas. É o que lhes permite elaborar vínculos afetivos e sociais, bem como desenvolver a criatividade e o interesse pela aprendizagem. Do ponto de vista subjetivo, a brincadeira é a forma infantil de dar significado a momentos de crise. Com cada vez menos “tempo livre” para o lúdico e com o constante gerenciamento das brincadeiras, diminuem as chances de a criança conquistar, a seu modo, o equilíbrio dinâmico nas relações pessoais.

Mola Maluca

A mola maluca foi um grande sucesso na década de 80, era presença garantida nos recreios das escolas por criar efeitos muitos divertidos de movimentos, como descer a escada sozinha, parecia criar vida! Fabricado em cores variadas o brinquedo mola maluca também é presença marcante em festas e eventos como brindes.

CURIOSIDADE: Pouca gente sabe, mas este brinquedo foi inventado por acaso em 1943. Enquanto trabalhava num estaleiro de navios de guerra, o engenheiro Richard James esbarrou numa mola torcida. A mola caiu da prateleira sobre uns livros, depois sobre a mesa e em seguida no piso, onde ficou a balançar como esperando novas instruções. Ele disse a sua esposa: “Acho que podemos fazer um brinquedo desta mola.” O casal tomou um empréstimo de US$500 para fabricar o primeiro lote de 400 unidades. Desde então, foram vendidas mais de 300 milhões de unidades.

Bolinha de Gude

753cfb8c-3718-4a11-a182-ddb27909ed85

A bolinha de Gude estimula a criatividade, a mira, a coordenação motora e a agilidade da criança.

“Teco, teco, teco teco
Teco na bola de gude
Era o meu viver
Quando criança no meio da garotada
Com a sacola do lado
Só jogava pra valer

(Música que fez sucesso na voz de Gal Costa

Como Jogar Bolinha de Gude

Bolita, bolica, berlinde, bila, bola de gude – não importa o nome, o fato é que ela sobreviveu ao avanço do tempo e dos jogos eletrônicos. Aqui, vamos aprender algumas formas de jogar bolinha de gude, uma brincadeira ainda tão popular entre as crianças. Há diversas formas de jogar, mas os objetivos não mudam muito. Com um impulso do polegar, atira-se uma bolinha tentando atingir um alvo marcado previamente (triângulo, buraco, etc) ou tomar as bolinhas dos adversários, acertando-as. As modalidades com buracos requerem chão de terra, mas as em que se usa um desenho, como o círculo, podem ser jogadas num chão de pedra ou cimento:  basta desenhar com giz.

ESTA BRINCADEIRA TAMBÉM SE CHAMA…

Gude, baleba, bila, biloca, bilosca, birosca, bolinha-de-gude, bolita, boleba, bolega, bolita, bugalho, búraca, búlica, búrica, bute, cabiçulinha, clica, firo, fubeca, guelas, nica, peca, peteca, pinica, pirosca e ximbr

CURIOSIDADE: Ouvi esta história, mas não sei se é verdadeira. Parece que no Brasil, existiria tão somente uma única fábrica de bolinhas de gude. E esta fábrica teria sua produção toda vendida antecipadamente, uma vez que as bolinhas tem grande utilização industrial, como por exemplo, nas latas de tinta spray.

Pião

marcelo

É uma brincadeira que se pode jogar sozinho ou com um grupo de amigos, que serão desafiados em “batalhas”. Que estimula a coordenação motora, a concentração, atenção e agilidade da criança.

Material: Um pião e um cordel para cada jogador.Quem nunca jogou ao pião pode ter perdido momentos que seriam «imperdíveis» para a a formação pessoal em período de infância.

Como se joga: Antes de se atirar o pião deve-se enrolar bem o cordel à sua volta, sem folgas. O cordel segura-se com a mão pela extremidade solta. Quando se desenrola, com o impulso da mão, puxa-se o cordel para trás para o fazer girar.

Quando o pião é lançado com muita intensidade diz-se que a jogada é de “escacha”.

Para se jogar à roda, (ou raia grande), marca-se no chão um círculo de jogo que poderá ter cerca de um metro e meio. O objectivo dos jogadores é projectarem o seu pião em direcção ao círculo e conseguir que o seu pião atire os restantes para fora do círculo.

O pião e a música

Uma famosa cantiga de roda foi feita inspirada no pião e a sua letra diz assim:

O pião entrou na roda, ó pião
O pião entrou na roda, ó pião
Roda pião, bambeia pião
Roda pião, bambeia pião
Sapateia no terreiro, ó pião!
Sapateia no terreiro, ó pião!
Roda pião, bambeia pião
Roda pião, bambeia pião
Mostra tua figura, ó pião
Mostra tua figura, ó pião
Roda pião, bambeia pião
Roda pião, bambeia pião
Faça uma cortesia, ó pião
Faça uma cortesia, ó pião.
Roda pião, bambeia pião
Roda pião, bambeia pião

Quer conhecer um pouco mais a Arte Brincs?

artebrincs

Facebook: ArteBrincs Brinquedos

@artebrincs

WhatsApp: 19 984002280

artebrincs@gmail.com

www.elo7.com.br/artebrincs

Anúncios